Skip to content
Complete installation of Arch Linux
Branch: master
Clone or download
Fetching latest commit…
Cannot retrieve the latest commit at this time.
Permalink
Type Name Latest commit message Commit time
Failed to load latest commit information.
Particionamento de Disco arch Aug 20, 2017
LICENSE Initial commit Aug 19, 2017
README.md Update README.md Aug 24, 2017

README.md

título data página inicial download demo autor
Arch Install
18-08-2017
Magno Tutor

INSTALAÇÃO ARCH LINUX

Este guia destina-se a ajudar alguém a instalar a distribuição Arch Linux em seu Computador. O guia pressupõe que você tenha alguma familiaridade com o sistema linux e esteja confortável, trabalhando a partir da linha de comando, mas não exige que você seja um especialista. Aprendemos muito fazendo e se você quiser saber mais sobre como o linux opera, o Arch Linux é uma excelente opção por muitas razões.

Porquê Arch ?

Uma das maiores vantagens da distribuição Arch Linux é a sua simplicidade na abordagem e atitude. O Arch Linux Beginner's Guide descreve esta atitude muito bem isso, ele lhe dá a capacidade de construir o seu sistema a partir do zero.

Os princípios de design por trás do Arch são destinados a mantê-lo simples:

«Simples», neste contexto, significa «sem adições, modificações ou complicações desnecessárias». Em resumo; Uma abordagem elegante e minimalista.

Alguns pensamentos a ter em mente ao considerar a simplicidade:

"Simples" é definido de um ponto de vista técnico, não um ponto de vista de usabilidade. É melhor ser tecnicamente elegante com uma curva de aprendizado mais alta, do que ser fácil de usar e tecnicamente [inferior]. "- Aaron Griffin

"A parte extraordinária de [meu método] reside em sua simplicidade ... A altura do cultivo sempre corre para a simplicidade". - Bruce Lee


# dd bs=4M if=/lugar_onde_esta_sua_iso of=/dev/sdX status=progress && sync

(Substitua o X pela letra do seu dispositivo ex: 'sdc' 'sdd') use: lsblk


OBSERVAÇÕES:

  • Caso você necessite instalar via UEFI os comandos estão com o simbolo: 🔶
  • No particionamento BIOS e UEFI, faça como segue o exemplo, modifique apenas o tamanho das partições, em seguida monte as partições de acordo com o particionamento feito.
  • Preste muita atenção em relação a sua unidade do disco rígido, pois isso vai variar de computador parar computador.

🔶 VERIFIQUE O MODO DE INICIALIZAÇÃO: (UEFI)

# efivar -l

Se este comando listar as variáveis EFI, isso significa que você iniciou a operação com sucesso no modo EFI. Caso contrário, reinicie no menu de boot novamente e selecione o item correto lá, e não o item legacy-mode.

Se o diretório não existir, o sistema pode ser inicializado no modo BIOS ou CSM.

TECLADO EM ABNT2

# loadkeys br-abnt2

CONEXÃO COM A INTERNET

Ethernet:

# systemctl start dhcpcd
# ping -c3 google.com

Wifi:

# wifi-menu
# ping -c3 www.google.com

PARTICIONAMENTO DE DISCO

Particionar Disco (BIOS)

  • Aconselha-se dar
    • /swap = 4gb
    • /raiz = Todo o restante do HD
# fdisk -l
# cfdisk /dev/sdX

(Substitua o X pela letra do seu disco rígido ex: 'sda' 'sdb')

bios

🔶 Particionar Disco (UEFI)

  • Aconselha-se dar
    • /boot = 300mb
    • /swap = 4gb
    • /raiz = Todo o restante do HD
# fdisk -l
# sgdisk --zap-all /dev/sdX

(Substitua o X pela letra do seu disco rígido ex: 'sda' 'sdb')

Primeiro, devemos criar uma nova tabela de partição, no caso será GPT, para o suporte à UEFI. Vamos utilizar o gdisk para a criação das partições /boot /swap /root

# gdisk /dev/sdX

(Substitua o X pela letra do seu disco rígido ex: 'sda' 'sdb')

Logo em seguida você entrará na interface do gdisk, onde deverá particionar o disco, ele possui uma interface simples mas eficaz, basta seguir o exemplo abaixo:

Command (? for help): o
Proceed? (Y/N): Y

Para criar nova partição:

Command (? for help): n
Partition number: Aperte Enter
First sector: Enter
Last sector: +300M
Hex Code or GUID: EF00

Acima criamos uma partição com 300Mb de espaço (não precisa mais que 300mb para essa partição) do tipo EFI, para nossa partição de boot.

Command (? for help): n
Partition number: Aperte Enter
First sector: Enter
Last sector: +2G
Hex Code or GUID: 8200

Acima, criamos a nossa partição SWAP com 2gb de espaço, (o swap é uma memória virtual recomendo dar no máximo 4gb).

Command (? for help): n
Partition number: Aperte Enter
First sector: Aperte Enter
Last sector: Aperte Enter
Hex Code or GUID: 8300

Esta última partição criada é a root, não daremos tamanho para ela, só aperte ENTER, que o gdisk entenderá que é pra aproveitar todo o restante do HD (essa partição servirá para a instalação do sistema, seus arquivos pessoais, programas etc).

uefi

FORMATAR AS PARTIÇÕES

Após o particionameto do disco rígido, devemos formatar as partições.

Formatar /root /swap (BIOS)

Root:

# mkfs.ext4 /dev/sda1

Swap:

# mkswap /dev/sda2
# swapon /dev/sda2

🔶 Formatar /boot /swap /root (UEFI)

Boot:

# mkfs.vfat -F32 /dev/sda1

Swap:

# mkswap /dev/sda2
# swapon /dev/sda2

MONTAGEM DAS PARTIÇÕES

Antes de podermos baixar, e instalar os pacotes base do Arch Linux, precisamos montar nossas partições, e mudar para o nosso diretório root. Afinal, é nele onde vamos instalar o Arch Linux.

Montar /root (BIOS)

Root:

# mount -t ext4 /dev/sda1 /mnt

🔶 Montar /boot /root (UEFI)

Boot:

# mkdir -p /mnt/boot/efi
# mount /dev/sda1 /mnt/boot/efi

Root:

# mount /dev/sda3 /mnt

ESCOLHER O ESPELHO DE DOWNLOAD

Escolher a lista de espelhos mais próxima

# pacman -Sy reflector
# reflector --verbose -l 5 --sort rate --save /etc/pacman.d/mirrorlist

INSTALAR OS PACOTES BASE DO ARCH LINUX

# pacstrap -i /mnt base base-devel

CONFIGURAR O FSTAB

Para configurar fstab (tabela de sistemas de arquivos) execute:

# genfstab -U -p /mnt >> /mnt/etc/fstab

Você deve sempre verificar se a entrada fstab está correta ou não, que será capaz de inicializar em seu sistema. Para verificar a entrada fstab, execute:

# cat /mnt/etc/fstab

Se tudo estiver OK você deve ver o root montado.

NOVO SISTEMA

Agora é hora de mudar para o diretório root recém-instalado para configurá-lo.

# arch-chroot /mnt
# loadkeys br-abnt2 (para usar o layout abnt2)

CONFIGURAR KEYMAP

A variável KEYMAP é especificada no arquivo /etc/vconsole.conf . Ele define qual layout de teclado, será usado nos consoles virtuais. Execute este comando:

# echo -e 'KEYMAP="br-abnt2.map.gz"' > /etc/vconsole.conf

CONFIGURAÇÕES DE IDIOMA E FUSO HORÁRIO

Para configurar o idioma do sistema, execute o seguinte comando:

# sed -i '/pt_BR/,+1 s/^#//' /etc/locale.gen
# locale-gen
# echo LANG=pt_BR.UTF-8 > /etc/locale.conf
# export LANG=pt_BR.UTF-8

Para ver todos os fusos horários disponíveis da América:

# ls /usr/share/zoneinfo/America

Agora você pode configurar a sua zona:

# ln -sf /usr/share/zoneinfo/America/Sao_Paulo /etc/localtime

Vamos agora configurar o relógio do hardware, apenas no caso de termos uma data errada:

# hwclock --systohc --utc

Para conferir se a hora está certa:

# date

CONFIGURAR REPOSITÓRIO

Com este comando habilitamos o repositório multilib:

# sed -i '/multilib\]/,+1 s/^#//' /etc/pacman.conf
# pacman -Sy

DEFINIR HOSTNAME

# echo arch > /etc/hostname

CONFIGURANDO A CONEXÃO

Ethernet:

# systemctl enable dhcpcd

Wifi:

# pacman -S wpa_supplicant wpa_actiond dialog iw networkmanager
# systemctl enable NetworkManager

CRIAR USUÁRIO

useradd -m -g [initial_group] -G [additional_groups] -s [login_shell] [username]

# useradd -m -g users -G wheel,storage,power -s /bin/bash ghost

Em seguida, forneça a senha para este novo usuário executando:

# passwd ghost

Não se esqueça de definir também a senha para o usuário root:

# passwd

Permitir que os usuários no grupo wheel, sejam capazes de executar tarefas administrativas com o sudo:

# sed -i '/%wheel ALL=(ALL) ALL/s/^#//' /etc/sudoers

INSTALAR BOOT-LOADER (GRUB)

Instalar e configurar o boot-loader (BIOS)

# mkinitcpio -p linux
# pacman -S grub
# grub-install /dev/sdX
# pacman -S os-prober (Se você estiver inicializando em dual boot)
# pacman -S intel-ucode (Se você tiver uma CPU Intel, instale o pacote intel-ucode)
# grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

🔶 Instalar e configurar o boot-loader (UEFI)

# mkinitcpio -p linux
# pacman -S grub efibootmgr
# grub-install /dev/sdX
# pacman -S os-prober (Se você estiver inicializando em dual boot)
# pacman -S intel-ucode (Se você tiver uma CPU Intel, instale o pacote intel-ucode)
# grub-mkconfig -o /boot/grub/grub.cfg

🔶 Caso der erro ao tentar instalar o grub, tente outro modo: (UEFI)

# grub-install --target=x86_64-efi --efi-directory=/boot --bootloader-id=grub --recheck

DESMONTAR AS PARTIÇÕES E REINICIAR

# exit
# umount -R /mnt
# poweroff

PÓS INSTALAÇÃO

Após a instalação do Arch Linux a única coisa que os usuários vêem é uma linha de comando sem qualquer servidor X, então o usuário deve instalar o X server, uma área de trabalho e alguns outros aplicativos para fazer seu trabalhos diários.

Logue com seu usuário e senha:

$ su
# loadkeys br-abnt2 (para usar o layout abnt2)

Conecte a sua rede wireless (Caso tenha)

# nmtui

Verificar a conectividade com a internet:

# ping -c3 www.google.com

INSTALAR DISPLAY SERVER

Um display server ou servidor de janela é um programa cuja principal tarefa é coordenar a entrada e saída de seus clientes para o sistema operacional, o hardware e entre eles. Em outras palavras, o display server controla e gerencia os recursos de baixo nível para ajudar a integrar as partes da GUI. Por exemplo, os display server gerenciam o mouse e ajudam a combinar os movimentos do mouse com o cursor e os eventos GUI causados pelo cursor. Mas não se confunda, o servidor de exibição não desenha nada. Eles apenas gerenciam a interface, as bibliotecas, os toolkits e, como você pode ver, eles se comunicam diretamente com o kernel. Vamos usar o XORG

# pacman -S xorg-server xorg-xinit xorg-apps mesa ttf-dejavu gvfs-mtp

INSTALAR DRIVERS GRÁFICOS

É hora de instalar drivers de vídeo. Eu suponho que você sabe qual GPU você está usando. Se você não sabe qual drive de vídeo você possui, descubra com esse comando:

# lspci -k | grep -A 2 -i "VGA"

Instale o que for referente ao seu:

# pacman -S virtualbox-guest-utils (para Virtualbox)
# pacman -S xf86-video-amdgpu (para placas Amd Radeon)
# pacman -S xf86-video-intel (para placas da Intel)
# pacman -S xf86-video-nouveau (para placas Nvidia) #OpenSource

Espera!!! Eu quero instalar o driver proprietário da Nvidia/ATI, qual driver devo instalar?

Nvidia

Instale o driver apropriado para a sua placa:

  • Para placas da série GeForce 400 ou mais recentes [NVCx ou mais recente], instale o pacote nvidia ou nvidia-lts disponível nos repositórios oficiais.

  • Para placas da série GeForce 8/9 e 100-300 [NV5x, NV8x, NV9x e NVAx], instale o pacote nvidia-340xx ou nvidia-340xx-lts disponível nos repositórios oficiais.

  • Para placas da série GeForce 6/7 [NV4x e NV6x], instale o pacote nvidia-304xx ou nvidia-304xx-lts disponível nos repositórios oficiais.

  • Para os modelos GPU mais recentes, pode ser necessário instalar nvidia-beta do Arch User Repository, uma vez que os drivers estáveis podem não suportar os recursos recém-introduzidos.

  • Se você estiver com sistema de 64 bits você também precisa de um suporte OpenGL de 32 bits, você também deve instalar o pacote lib32 equivalente do repositório multilib (e.g. lib32-nvidia-libgl, lib32-nvidia-340xx-libgl ou lib32-nvidia-304xx-libgl ).

Ati

O driver xf86-video-ati (radeon):

  • Funciona com chipsets Radeon até HD 6xxx e 7xxxM (latest Northern Islands chipsets).

  • Radeons no HD 77xx (Southern Islands) as séries são principalmente suportadas. Verifique a matriz de recursos para recursos não suportados.

  • Radeons até a série X1xxx são totalmente suportados, estáveis e a aceleração completa 2D e 3D são fornecidas.

  • Radeons de HD 2xxx a HD 6xxx têm aceleração 2D completa e aceleração 3D funcional, mas não são suportados por todos os recursos que o driver proprietário oferece.

  • Suporta DRI1, RandR 1.2 / 1.3 / 1.4, Glamour, aceleração do EXA e configuração do modo kernel / DRI2.

  • Geralmente, o xf86-video-ati deve ser sua primeira escolha, independentemente do driver AMD / ATI que você possui. No caso de você precisar usar um driver para drivers AMD mais novos, você deve considerar o driver de catalisador proprietário.

Nota: xf86-video-ati é especificado como radeon para o kernel em xorg.conf.

ADVANCED LINUX SOUND ARCHITECTURE (ALSA)

Agora, vamos instalar os aplicativos para placa de som:

# pacman -S alsa-utils alsa-lib pulseaudio pulseaudio-alsa pavucontrol

INSTALAR AMBIENTE DE TRABALHO

Depois de instalar o servidor X você precisa de um ambiente de um Gerenciador de janelas ou Desktop para fazer seus trabalhos diários!

Gerenciadores de Janelas

I3wm:

# pacman -S i3

Bspwm:

# pacman -S bspwm sxhkd

Dwm:

# pacman -S dwm

Awesome:

# pacman -S awesome

Interfaces Gráficas

Xfce4 Desktop Environment:

# pacman -S xfce4 

Budgie Desktop Environment:

# pacman -S budgie-desktop

GNOME Desktop Environment:

# pacman -S gnome gnome-extra

Cinnamon Desktop Environment:

# pacman -S cinnamon nemo-fileroller

KDE Desktop Environment:

# pacman -S plasma-desktop kdebase

Mate Desktop Environment:

# pacman -S mate mate-extra

Deepin Desktop Environment:

# pacman -S deepin deepin-extra

Enlightenment Desktop Environment:

# pacman -S enlightenment

LXDE Desktop Environment:

# pacman -S lxde

DISPLAY MANAGER OU LOGIN MANAGER

Por exemplo, se você estiver instalando o Xfce (DE) você notará que não existe um ambiente de login gráfico. Então, isso significa que você pode fazer login usando a linha de comando e, em seguida, iniciar o Xfce ou instalar um gerenciador de login como o LXDM, que - após um login bem-sucedido - iniciará o Xfce para você.

Exemplo: Lxdm

# pacman -S lxdm
# systemctl enable lxdm.service
# reboot

Existem outras alternativas como: Gdm, Sddm etc.

YAOURT

Alguns pacotes não podem ser encontrados no repositório principal, por isso temos o AUR onde possamos encontra-los e instalá-los, e para fazer isto precisamos adicionar o endereço AUR no final do arquivo /etc/pacman.conf.

# echo -e "[archlinuxfr]\nSigLevel = Never\nServer=http://repo.archlinux.fr/\$arch" >> /etc/pacman.conf
# pacman -Sy yaourt

RECOMENDAÇÕES FINAIS

Caso use um notebook, você deve instalar os drivers do seu touchpad:

# pacman -S xf86-input-synaptics
You can’t perform that action at this time.