Skip to content
Permalink
Branch: master
Find file Copy path
Find file Copy path
Fetching contributors…
Cannot retrieve contributors at this time
117 lines (66 sloc) 4.67 KB

RUBY e RAILS NO UBUNTU (12.X)

Passo a passo para a instalação do Rails (última versão) e Ruby (1.9.3) no Ubuntu. Também envolve aos ajustes do GEdit com instalação do GMate.

1º Atualizando apt-get

Abra o terminal e rode:

sudo apt-get update

2º Instalando pacotes necessários

sudo apt-get install build-essential openssl libreadline6 libreadline6-dev curl git-core \
zlib1g zlib1g-dev libssl-dev libyaml-dev libsqlite3-dev sqlite3 libxml2-dev libxslt-dev autoconf \
libc6-dev ncurses-dev automake libtool bison subversion nodejs

3º Instalando RVM (Ruby Version Manager)

O RVM permite instalar e gerenciar várias versões do Ruby. Mas nós usaremos só uma:

curl -L https://get.rvm.io | bash -s stable --ruby

4º Definindo o Ruby default

Coloque o ruby 1.9.3 como default do seu usuário:

rvm --default use 1.9.3

Agora o comando abaixo deve funcionar:

ruby -v
ruby 1.9.3p194 (2012-04-20 revision 35410) [x86_64-linux]

5º Instalando o Rails (sempre rode o comando gem sem SUDO)

gem update --system
gem install rails

6º Primeira aplicação

Agora você pode testar criando a sua primeira aplicação:

rails new minha_nova_app

Agora basta navegar para o diretório da minha_nova_app e iniciar o servidor. No entanto desde o Rails 3.1 é necessário uma runtime de javascript. Para isso abra o arquivo Gemfile de dentro do diretório da sua app e acrescente:

gem 'execjs'
gem 'therubyracer'

Salve, feche e rode o comando abaixo no Terminal:

bundle install

Agora você pode rodar:

rails s

Instalando o ruby-debug19 (OPCIONAL)

ATENÇÃO: Há um bug não resolvido quando se tenta utilizar o ruby-debug19 com o Ruby 1.9.3-p0, você vai encontrar instruções para contornar o problema em http://stackoverflow.com/questions/8378277/cannot-use-ruby-debug19-with-1-9-3-p0. Se não quiser fazer esse procedimento, volte para a versão 1.9.2 na qual o debugger funciona sem problemas, para instala-lo basta seguir as instruções abaixo.

Há um problema quando se tenta instalar o ruby-debug19, gerando um erro ao compilar o linecache19, que até o momento não foi resolvido. Para contornar esse problema execute o seguinte comando:

gem install ruby-debug19 -- --with-ruby-include=$rvm_path/src/ruby-1.9.2-p290

Você deve manter o "--" no meio do comando. Essas instruções foram obtidas no StackOverflow http://stackoverflow.com/questions/6650567/installing-linecache19-for-ruby-1-9-2-via-rvm

Installing Databases (OPCIONAL)

Para MySQL

Para modo de desenvolvimento, na maioria das vezes, o sqlite é suficiente e já foi instalado. Se você pretende usar MySQL a Gem correta é a mysql2, mas antes deve rodar:

sudo apt-get install libmysqlclient18-dev

Depois:

gem install mysql2

Para PostgreSQL

O PostgreSQL normalmente é utilizando em aplicações com deploy no Heroku. Antes de instalar a gem você deve instalar o banco de dados da seguinte forma: Se pretende usar PostgreSQL faça:

sudo apt-get install libpq-dev

Depois:

gem install pg

Para MongoDB:

O pacote do mongodb no repositório padrão do Ubuntu normalmente estão desatualizados, é aconselhável instalar a versão do repositório da 10Gen, mas infelizmente eles não tem um PPA. Para adicionar o repositório deles, antes você deve copiar a chave e depois adicionar o endereço na sua lista:

sudo apt-key adv --keyserver keyserver.ubuntu.com --recv 7F0CEB10
sudo sh -c "echo 'deb http://downloads-distro.mongodb.org/repo/ubuntu-upstart dist 10gen' >> /etc/apt/sources.list"

Depois disso, atualize a lista de pacotes e instale o mongo:

sudo apt-get update
sudo apt-get install mongodb-10gen

Essas instruções irão baixar e instalar o pacote, criar um usuário mongodb e configurá-lo para rodar como um serviço usando o upstart. Você pode verificar o status e iniciar/parar o banco com os seguintes comandos:

service mongodb status
sudo service mongodb stop
sudo service mongodb start

Tenha em mente que o MongoDB irá criar arquivos de journaling em /var/lib/mongodb/journal que ocuparão um total de 3.1 GB, garanta que há espaço suficiente no seu disco. Você pode ver as instruções oficiais em http://www.mongodb.org/display/DOCS/Ubuntu+and+Debian+packages

Configurando GEdit

Para o GEdit usaremos o plugin GMate que tratará snippets, colorização e uma série de coisas úteis para o dia a dia. Ainda no Terminal:

sudo apt-add-repository ppa:ubuntu-on-rails/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install gedit-gmate

Abra o GEdit vá em Editar/Edit Preferências/Preferences e em Plug-ins habilite todos. Agora você pode criar sua primeira aplicação Rails e trabalhar com um bom editor.

You can’t perform that action at this time.