Skip to content

Ata do dojo 28 04 2011

ramiroluz edited this page May 5, 2011 · 2 revisions

Vídeo da palestra ministrada antes do dojo: http://www.youtube.com/watch?v=r5XzCZKD8J8

Ata do encontro do Dojo-UTFPR Quinta-feira, 28 de abril de 2011, realizado às 20:00 Local: UTFPR Curitiba

Participantes: Ramiro, Tatiane, Rodolfo, Alex, Igor, Vagner, Bruno, Henrique, Francisco, Matheus, Lucas.

Linguagens sugeridas: Python, Ruby, PHP.

Problemas sugeridos:

Linguagem eleita: Ruby.

Problema eleito: Avaliando expressões matemáticas.

Pontos Positivos

  • Aprender um pouco sobre uma linguagem que não conhecia. Conhecer outros programadores.
  • Novos integrantes apareceram. Formação de um grupo para realizar o dojo na UTFPR. Alguns participantes voltaram a participar. Sala apropriada para o Dojo.
  • Iniciativa de Coding Dojo na UTFPR. Aprendizado de uma linguagem diferente. Participação de todos na resolução. Presença de várias pessoas diferentes.
  • Fomos "descobrindo" a linguagem juntos. Todos participaram. Apesar de existir uma solução rápida, fomos por outro caminho.
  • Conhecer uma linguagem nova. Ambiente e pessoal agradável.
  • Linguagem. Baby steps. Luminária chinesa.
  • Problema interessante.
  • Aprendizado. Variedade de conhecimento/experiência entre os participantes. Melhorar a comunicação.
  • Boa iniciativa. Decisões democráticas. Possibilidade de aprender nova linguagem e boas práticas.
  • Comunicação. Interesse.
  • Boa participação. Conseguimos terminar o problema.

Pontos Negativos

  • Muitos testes. Baby steps de mais em alguns momentos. Poderia ter mais alunos da UTFPR.
  • Faltou comida. Ferramenta para rodar testes falhou. Emperramos em detalhes da linguagem. Teclado atrapalhou um pouco alguns participantes. Discussões sobre a solução do problema tomaram tempo dos participantes.
  • Problema muito fácil e pequeno, dificuldade para torná-lo mais difícil.
  • Problema com o plugin. Sair da prática do TDD e baby steps.
  • Falta de domínio da linguagem. A rotinda do TDD não funcionou: baby steps, refactory. Tentar mesclar pessoas experientes com iniciantes. Fazer testes que tenham sentido, e ao invés de pensar pra frente, refatorar deixando o código melhor, com boas práticas e a opinião do público.
  • Conversa paralela. Falta de commits. Não respeitar o sinal vermelho. Muitos probemas com a linguagem.
  • Falta de total conhecimento da linguagem. Não teve lanche.
  • Explicar e treinar TDD antes de iniciar o Dojo. Seguir realmente as regras. "Testar" as linguagens antes.
  • Escolher uma linguagem que tenha um "expert". Criar uma linha de raciocínio para resolver o problema em grupo. Facilita o trabalho de cada interação. Definir o passo antes da reunião para os "novatos" entenderem a dinâmica da reunião, TDD, boas práticas, etc. Um mouse pode ajudar!
  • Horário.
  • Problema simples de mais. Travamos na lingugem. Demoramos para começar. 5 minutos é pouco tempo.

Responsável pela ata: Lucas Bueno.

You can’t perform that action at this time.