Carta aberta de críticas ao Todos@Web. Análise de como o projetos mais comuns na internet têm chances mínimas de ganhar uma premiação por causa de seu conteúdo, ao invés da técnica de acessibilidade implementada, e outras sugestões
Switch branches/tags
Nothing to show
Clone or download
Fetching latest commit…
Cannot retrieve the latest commit at this time.
Permalink
Failed to load latest commit information.
gifs
README.md
barra-acessibilidade-brasileira.md
comissao-julgadora.md
conteudo-influencia-dificuldade.md
problema-de-endorsar-padroes-irrelevantes.md
proposta-recategorizacao-2016.md
quesitos-de-avaliacao.md
regulamento-oficial-2016.md
sobre-o-premio-nacional-acessibilidade-na-web.md

README.md

Carta aberta ao Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web

Essa é uma carta aberta com críticas construtivas ao Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web "Todos@Web", que é o principal (e talvez único) prêmio de reconhecimento, e dinheiro, quanto à qualidade de websites e aplicativos brasileiros.

A razão de existir dessa carta é viabilizar também o reconhecimento de desenvolvedores que não têm a sorte de submeter para avaliação projetos cujo nicho ganha a maioria absoluta dos prêmios, mesmo que esses sites representem uma pequena porcentagem da internet brasileira.

Essa carta defende mudanças radicais, com justificativas plausíveis e dados estatísticos referentes aos anos anteriores. Propõe a criação de ao menos uma nova categoria para projetos que não tenham como razão de existir CONTEÚDO sobre acessibilidade, nem que sejam pagos com impostos (os quais, alías, são obrigados a serem acessíveis). Sugere também que parem de ser usados como critérios de avaliação métodos considerados obsoletos para melhorar a acessibilidade de fato.

O pouco espaço para diversidade de finalistas aliado a modelizar um determinado padrão que os anteriores seguiram, dando a impressão de que seria a melhor opção, é até negativo para adoção de websites acessíveis fora do nicho governamental. A padronização estabelecida pelo governo é, como todas as outras já feitas pelo estado, uma forma cara de engessar inovações, criando amarras para modelos dinâmicos e que estão em constante mudança - e qualquer tipo de burocracia não consegue acompanhar essa velocidade.

Animação: exibe diversos sites não .gov.br, e ressalta que o topo deles é na maioria das vezes uma copia do padrao governamental

Propostas de alterações do prêmio Todos@Web

1. Dar chance REAL e proporcional para sites que não atendem o nicho típico

Independente da relevância de um projeto submetido, na prática é muito mais difícil para desenvolvedores competir com sites que são pagos com impostos ou que até mesmo o conteúdo é sobre acessibilidade. Esta proposta é para criar ao menos uma categoria que explicitamente não permita esse tipo de conteúdo.

Saiba mais em o conteúdo do site influencia na avaliação.

2. Já em 2016, imediatamente, criar categoria diferentes no "Projetos Web Sociedade"

O prêmio em 2016 já anunciou os finalistas, mas ainda está em aberto para definir as classificações. Assumindo que apenas 2 dos 13 finalistas não são do nicho que, historicamente, sempre tem vantagem no evento, esta proposta sugere que ao menos estes dois concorrentes tenham uma categoria especial. Se a comissão julgadora acreditar ser pertinente pode valer a pena ver entre os candidatos que não foram bons o suficientes para competir contra os demais e incluir novamente na premiação.

Veja mais em proposta para recategorização já em 2016 de projetos diferentes.

3. Deixar, de forma clara, quem é a comissão julgadora do evento

O prêmio é o maior, senão o único, que pretende atestar a qualidade de um website no Brasil. A W3C não tem equivalentes em outras áreas. Ainda assim, mesmo com tamanha importância, em um país com 200 milhões de habitantes, e com uma das comunidades de desenvolvedores mais ativas do mundo, não está claro em qualquer lugar quem é a comissão julgadora, algo que só foi divulgado publicamente na primeira edição.

Veja mais detalhes em da comissão julgadora do prêmio.

4. Modificar critérios de avaliação obsoletos/irrelevantes e explicitamente dar margem para inovação

Um dos problema de endorsar padrões irrelevantes na melhoria de acessibilidade é que, na melhor das hipóteses, eles jogam tempo fora de práticas que são úteis e, na pior, impedem que sites de grande acesso adotarem a ideia de melhorar inclusão digital. A barra de acessibilidade brasileira ocupa permanentemente em tela algo que jamais seria aceito em sites que cada pixel vale muito:

Comparativo entre barra de acessibilidade brasileira, que sempre ocupa espaço precioso em tela, com alternativas usadas em outros países, que exibem opções de acessibilidade apenas quando necessário, ao apertar tela tab

Para piorar, as regras atuais obrigam requisitos que são simplesmente inúteis. Veja proposta para alteração nos quesitos de avaliação.


Dados estatísticos

Os dados abaixo foram coletados manualmente das listagens de todos os finalistas e vencedores de todas as edições da premiação. Eles não levam em consideração quantidade total de submissões, pois este tipo de dado não é publico, e por isso tem apenas relação entre finalistas e vencedores.

TL;DR:

  1. A chance de ser finalista de projetos que não tem um nicho específico é desproporcionalmente baixa.
  2. A chance de vencer, sem ser do mesmo nicho, é menor ainda
  3. Todos os anos, exatos dois projetos fora do nicho típico, são escolhidos como finalistas
  4. Dos finalistas fora do nicho específico, exatamente metade, 1, vence algo
  5. A proporção de participantes fora do nicho só está crescendo porque o número de finalistas está lentamente diminuindo.

Chance de vencer

Ano Proporção Chance C.:Aces/Util.Pub Chance C.: Outros
2012 15: 14x1 93.3% 6.6%
2013 15: 14x1 93.3% 6.6%
2014 15: 14x1 93.3% 6.6%
2015 0: 0x0 0% 0%
2016 10: ?x? ? ?

Chance de chegar como finalista

Ano Proporção Chance C.:Aces/Util.Pub Chance C.: Outros
2012 21: 19x2 90.5% 9.5%
2013 19: 17x2 89.5% 10.5%
2014 16: 14x2 87.5% 12.5%
2015 0: 0x0 0% 0%
2016 13: 11x2 84.6% 15.8%

Lista completa de finalistas

Legenda

  • Ano: ano do evento
  • Premiado: caso o finalista tenha sido premiado entre os 3 primeiros em uma subcategoria, sua posição
  • C.Aces.: a razão de existir do CONTEÚDO do projeto finalista envolve acessibilidade (dentro ou fora da web)
  • C.Gov*: a razão de existir envolve governo ou algo que ele deveria fazer. (Pode pensar como contrário de instituição privada, se preferir)
  • C.Outros: o conteúdo do site não está incluso no "C.Aces" e "C.Gov"
Ano Premiado C.Outros C.Gov* C.Aces. Site
2012 1 Não Sim Sim Acessibilidade Digital do Governo do Estado de São Paulo por Hudson Augusto
2012 1 Não Não Sim Marco Antonio de Queiroz - MAQ
2012 3 Não Sim Não Secretaria de Educação a Distância - UFSCar
2012 0 Não ? Sim Adeva
2012 0 Não ? Sim Fundação Dorina Nowill para Cegos
2012 2 Não Sim Não Portal da Prefeitura Municipal de João Pessoa
2012 1 Não Sim Não Portal da Prefeitura de Rio das Ostras
2012 3 Não Sim Sim Programa Censo-Inclusão de Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida da Prefeitura de São Paulo
2012 3 Não Não Sim Clareou - O Primeiro Buscador de Sites Acessíveis do Brasil!
2012 1 Sim 1 Não Não Hotel Fazenda Parque dos Sonhos
2012 0 Não Sim Sim Selur Social
2012 2 Não Sim Sim Site Acessibilidade Virtual - Informação ao alcance de todos
2012 0 Sim Não Não Site Tuboar
2012 2 Não Não Sim Bengala Legal
2012 0 Não Sim Sim Blog Acessibilidade Virtual - Informação ao alcance de todos
2012 3 Não Não Sim Cartilha Acessibilidade Digital - Lupa Digital
2012 0 Não Não Sim Projeto Diversa
2012 1 Não Não Sim Vida Mais Livre
2012 2 Não Não Sim AccessibilityUtil.com, uma ferramenta de colaboração
2012 3 Não Sim Sim Ferramenta CLAWS
2012 0 Não Não Sim LEBRAILLETWT
2012 1 Não Não Sim Uma Solução para o Auxílio à Geração de Páginas Web Acessíveis
2013 3 Não Não Sim Apoio de Aula - Repositório de Material Online por Carlos Rafael Gimenes das Neves
2013 0 Não Não Sim F123 representado por Fernando Botelho
2013 2 Não Não Sim Hudson Augusto Lima - Projeto NAVEgantes da informação
2013 1 Não Não Sim Leda Spelta
2013 0 Não Sim ? Prodepa - Cia de Processamento de Dados do Pará
2013 3 Não Sim Sim Novo Portal da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República
2013 2 Não Sim Sim PCD Legal
2013 1 Não Sim Sim [Portal da Casa de Oswaldo Cruz] (Portal da Casa de Oswaldo Cruz)
2013 2 Não Sim ? Brasilleiro - Plataforma para portais de prefeituras e câmaras de vereadores
2013 3 Não Sim Sim Projeto Pró-Reabilitação
2013 1 Sim Não ? Reclamações Procon
2013 0 Não Sim Sim B.U. em Libras - Descobrindo a Biblioteca
2013 3 Sim? Não? Não RECO - Reconstrução Coletiva
2013 2 Não Sim Sim Site Modelo de Acessibilidade Virtual
2013 1 Não Não Sim Studio Pilates Potirendaba
2013 0 Não ? Sim Website do Teatro Acessível
2013 3 Não ? Sim aria-check
2013 2 Não ? Sim AWMo: Acessible Web Modeler
2013 1 Não ? Sim Mouse Acessível
2014 2 Não Sim Sim Fernanda Lobato
2014 3 Não ? Sim Hand Talk
2014 0 Não ? Sim ProDeaf
2014 1 Não Sim Sim Projeto de Acessibilidade Virtual do IFRS
2014 1 Não Sim Sim Cursos eMAG
2014 2 Não Sim Sim Guia Turismo Acessível
2014 2 Sim Não Não Casa Jaú - Portal Imobiliário Regional
2014 3 Não Não Sim Legenda Sonora
2014 1 Não ? Sim Saúde Acessível
2014 0 Sim Não Não Website Comercial Buffon
2014 3 Não Não Sim Acesso para todos
2014 1 Não Sim Não SELUR - Site acessível
2014 2 Não ? Sim Site Jornalismo em Audiodescrição
2014 3 Não? ? Sim? CMS Suindara
2014 2 Não ? Sim Facilitas Player
2014 1 Não ? Sim WebHelpDyslexia
2015 0 0 0 0 [0] (0)
2016 ? Não Sim Não Portal Câmara de Suzano
2016 ? Não Sim Não Portal da Câmara Municipal de São José dos Campos
2016 ? Não Sim Não Portal Dataprev
2016 ? Não Sim Não Portal de Serviços de Vitória
2016 ? Não Sim Não Site do Núcleo de Acessibilidade e Usabilidade da Unirio
2016 ? Não Não Sim A1Br.org - o primeiro portal de notícias acessível do Brasil
2016 ? Não Não Sim GAIA: Guia de Acessibilidade de Interfaces Web com foco em aspectos do Autismo
2016 ? Não Não Sim Guia de Serviços para Pessoas com Deficiência e Mobilidade Reduzida
2016 ? Sim Não Não Portal Unimed Fortaleza
2016 ? Sim Não Não Website Luiza Caspary
2016 ? Não Sim Sim AsesWEB
2016 ? Não Não Sim F123 Access
2016 ? Não Não Sim Suíte VLibras
2016 ? Não Sim Sim Prof. Antônio Borges, da UFRJ

Notas

Categorias por ano

Ano Nº Vencedores Nº Finalistas Título
2012 15 21 Total geral do ano
2012 3 3 Categoria Pessoas / Personalidades / Instituições
2012 3 5 Governo / Instituições
2012 3 5 Serviços / E-commerce
2012 3 5 Entretenimento / Cultura / Educação / Blogs
2012 3 4 Tecnologias assistivas / Aplicativos
2013 15 19 Total geral do ano
2013 3 5 Categoria Pessoas / Instituições
2013 3 3 Governamentais
2013 3 3 Serviços / E-commerce
2013 3 5 Institucionais / Entretenimento / Cultura / Educação / Blogs
2013 3 3 Aplicativos e Tecnologias assistivas
2014 14 16 Total geral do ano
2012 3 4 Categoria Pessoas / Instituições
2012 2 2 Governamentais
2012 3 4 Serviços / E-commerce
2012 3 3 Institucionais / Entretenimento / Cultura / Educação / Blogs
2012 3 3 Aplicativos e Tecnologias assistivas
2015 0 0 Total geral do ano
2016 10 12 Total geral do ano
2016 1* 1 Pessoas/Instituições
2016 3* 3 Governamentais
2016 3* 5 Sociedade
2016 3* 3 Aplicativos / Tecnologia Assistiva

O Nº Vencedores de 2016 ainda não foi divulgado. Na tabela consta a projeção, baseada em anos anteriores