Clone or download
Fetching latest commit…
Cannot retrieve the latest commit at this time.
Permalink
Type Name Latest commit message Commit time
Failed to load latest commit information.
languages
plugins
themes
.gitignore
.gitmodules
README.markdown
docker-compose.yml
mariadb.env.exemplo
upload_size.ini
wordpress.env.exemplo

README.markdown

Código fonte do site saopaulo.partidopirata.org

Este repositório compreende o arquivo docker-compose e os arquivos de plugins e temas do wordpress para o site http://saopaulo.partidopirata.org.

O diretório de uploads do wordpress se encontra como submódulo e o código fonte está em outro repositório.

Instruções

Docker

Para usar o site localmente, é necessário primeiro instalar o Docker.

Instalar docker-engine

As instruções para isto dependem do sistema operacional de quem for instalar. Leia o manual: https://docs.docker.com/engine/installation/

Instalar docker-compose

A instalação do docker-compose também depende do ambiente. Leia o manual: https://docs.docker.com/compose/install/

Configurar ambiente

Copie os arquivos mariadb.env.exemplo e wordpress.env.exemplo para mariadb.env e wordpress.env, respectivamente. Defina as senhas do banco de dados nestes arquivos.

O seguintes valores devem ser iguais:

Valor em mariadb.env Valor em wordpress.env
MYSQL_DATABASE WORDPRESS_DB_NAME
MYSQL_USER WORDPRESS_DB_USER
MYSQL_PASSWORD WORDPRESS_DB_PASSWORD

Configurações

Instalar uploads

Os uploads estão em um repositório separado porque a quantidade de arquivos é alta e o tamanho total do diretório é grande. Não é necessário clonar o outro repositório, a menos que se pretenda fazer uma cópia fiel do site ou acessar os arquivos.

Para ativar o diretório de uploads (deve demorar um pouco), ative o submódulo pertinente:

git submodule init
git submodule update

Corrigir permissões

Os diretórios languages, plugins, themes e uploads só funcionarão corretamente no wordpress caso pertençam ao usuário do servidor web.

Para garantir isto, em um sistema UNIX, use:

sudo chown -hR 33:33 languages plugins themes uploads

Iniciar serviço

Caso tudo esteja devidamente instalado e configurado, o seguinte comando fará tudo acontecer magicamente (ou causar um problema difícil de recuperar caso as instruções não tenham sido lidas):

docker-compose up -d

O site deve estar acessível no navegador web no endereço http://0.0.0.0:42083.

Ele redireciona pra saopaulo.partidopirata.org!

Se o site estiver configurado para forçar o URL http://saopaulo.partidopirata.org, então é necessário configurar o arquivo hosts do sistema.

Descobrir o endereço ipv4

Em primeiro lugar, é necessário descobrir qual é o ipv4 do container docker onde está o wordpress. Existem várias abordagens para isto, a gambiarra mais rápida é:

docker ps | grep -e 'wordpress' | awk '{ print $1 }' | xargs docker inspect | grep -e 'IPAddress' | grep -e '[0-9]' | sed -e 's/\s*[a-Z":,]*//g'
Alterar arquivo hosts

Em sistemas Linux o arquivo se encontra em /etc/hosts. A sintaxe é a seguinte:

172.18.0.3	saopaulo.partidopirata.org

Onde 172.18.0.3 seria o endereço ipv4 obtido no passo anterior.

Agora, ao acessar http://saopaulo.partidopirata.org no navegador, ao invés de acessar o nosso site, o navegador vai acessar o site local do docker.

Problemas

Ajuda é bem vinda.

Wordpress

Atualmente ainda não consta neste repositório os arquivos do banco de dados, ou mesmo dados de importação e exportação do wordpress. Isto significa que as publicações no site do partido ainda estão indisponíveis em uma nova instalação. Isto é sabido e está registrado na issue #2 do repositório do site principal.

Como consequência, o site gerado parecerá igual ao do partido, contudo, diversas partes estarão faltando. Inclusive, os temas e plugins pertinentes não estarão ativados por padrão. Além disto, é necessário passar pela boçal "instalação de 5 minutos" do wordpress.

E-mail

Atualmente as imagens utilizadas do wordpress não têm e-mail bem configurado. Isto é sabido e está para ser resolvido na issue #1 do repositório do site da anapirata.

Como ajudar

Tente falar com o GTI pelos métodos propostos no site, ou então envie pull requests no github ou mesmo no notabug.