Skip to content
Permalink
Branch: master
Find file Copy path
Find file Copy path
Fetching contributors…
Cannot retrieve contributors at this time
100 lines (61 sloc) 11.1 KB
id title permalink next
concurrent-mode-intro
Introdução ao Modo Concorrente (Experimental)
docs/concurrent-mode-intro.html
concurrent-mode-suspense.html
<style> .scary > blockquote { background-color: rgba(237, 51, 21, 0.2); border-left-color: #ed3315; } </style>

Cuidado:

Esta página descreve os recursos experimentais que ainda não estão disponíveis em um release estável. Não confie nas versões experimentais do React em aplicativos de produção. Esses recursos podem mudar significativamente e sem aviso antes de se tornarem parte do React.

Esta documentação é destinada a adotante precoces e pessoas curiosas. Se você é novo no React, não se preocupe com esses recursos -- não precisa aprendê-los agora.

Esta página fornece uma visão geral teórica do Modo Concorrente. Para uma introdução mais prática, consulte as próximas seções:

O Que é o Modo Concorrente? {#what-is-concurrent-mode}

O Modo Concorrente é um conjunto de novos recursos que ajudam os aplicativos React a permanecerem responsivos e a se ajustarem normalmente aos recursos do dispositivo do usuário e à velocidade da rede.

Esses recursos ainda são experimentais e estão sujeitos a alterações. Eles ainda não fazem parte de um release estável do React, mas você pode experimentá-los em uma versão experimental.

Bloqueio vs Renderização Interrompida {#blocking-vs-interruptible-rendering}

Para explicar o Modo Concorrente, usaremos o controle de versão como uma metáfora. Se você trabalha em equipe, provavelmente usa um sistema de controle de versão como o Git e trabalha em branches. Quando uma branch estiver pronta, você poderá dar merge do seu trabalho na master(branch principal), para que outras pessoas possam puxa-las (pull request).

Antes da existência do controle de versão, o fluxo de trabalho de desenvolvimento era muito diferente. Não havia conceito de branches. Se você quiser editar alguns arquivos, precisará dizer a todos para não tocarem nesses arquivos até que você termine seu trabalho. Você não podia nem começar a trabalhar neles simultaneamente com essa pessoa - você estava literalmente bloqueado por ela.

Isso ilustra como as bibliotecas de UI, incluindo React, normalmente funcionam hoje. Depois que eles começam a renderizar uma atualização, incluindo a criação de novos nós do DOM e a execução do código nos componentes, eles não podem interromper esse trabalho. Vamos chamar essa abordagem de "bloqueio de renderização".

Em Modo Concorrente, a renderização e não bloqueante. É interruptível. Isso melhora a experiência do usuário. Também desbloqueia novos recursos que antes não eram possíveis. Antes de examinarmos exemplos concretos nos próximos capítulos, faremos uma visão geral de alto nível dos novos recursos.

Renderização interrompida {#interruptible-rendering}

Considere uma lista de produtos filtrável. Você já digitou um filtro de lista e sentiu que ele gagueja a cada pressionamento de tecla? Alguns dos trabalhos para atualizar a lista de produtos podem ser inevitáveis, como criar novos nós no DOM ou o navegador executando o layout. No entanto, quando e como realizamos esse trabalho desempenha um grande papel.

Uma maneira comum de contornar a gagueira é "rejeitar" a entrada. Ao rebater, atualizamos apenas a lista após o usuário parar de digitar. No entanto, pode ser frustrante que a interface do usuário não seja atualizada enquanto estamos digitando. Como alternativa, poderíamos "acelerar" a entrada e atualizar a lista com uma certa frequência máxima. Mas então, em dispositivos de baixa potência, ainda acabaríamos com travadas. A depuração e a otimização criam uma experiência de usuário abaixo do ideal.

A razão para os travamentos são simples: uma vez iniciada a renderização, ela não pode ser interrompida. Portanto, o navegador não pode atualizar a entrada de texto logo após pressionar a tecla. Independentemente da aparência de uma biblioteca de interface do usuário (como React), se ela usa a renderização de bloqueante, uma certa quantidade de trabalho em seus componentes sempre causarão travamentos. E, muitas vezes, não há solução fácil.

O Modo Concorrente corrige essa limitação fundamental, tornando a renderização interrompível. Isso significa que quando o usuário pressiona outra tecla, o React não precisa impedir o navegador de atualizar a entrada de texto. Em vez disso, ele pode deixar o navegador pintar uma atualização na entrada e continuar renderizando a lista atualizada na memória. Quando a renderização é concluída, o React atualiza o DOM e as alterações são refletidas na tela.

Conceitualmente, você pode pensar nisso como React preparando todas as atualizações "em uma branch". Assim como você pode abandonar o trabalho em branches ou alternar entre elas, o React no modo concorrente pode interromper uma atualização contínua para fazer algo mais importante e depois voltar ao que estava fazendo anteriormente. Essa técnica também pode lembrá-lo do buffer duplo nos videogames.

As técnicas do modo concorrente reduzem a necessidade de renúncia e limitação na interface do usuário. Como a renderização é interrompível, o React não precisa atrasar artificialmente o trabalho para evitar interrupções. Ele pode começar a renderizar imediatamente, mas interrompa esse trabalho quando necessário para manter o aplicativo responsivo.

Sequências de Carregamento Intencionais {#intentional-loading-sequences}

Dissemos antes que o Modo Concorrente é como React trabalhando "em uma branch". Branches são úteis não apenas para correções de curto prazo, mas também para recursos de longa duração. Às vezes, você pode trabalhar em um recurso, mas pode levar semanas até que ele esteja em um "estado suficientemente bom" para fazer o merge a master. Esse lado da nossa metáfora de controle de versão também se aplica à renderização.

Imagine que estamos navegando entre duas telas em um aplicativo. Às vezes, talvez não tenhamos código e dados suficientes carregados para mostrar um estado de carregamento "suficientemente bom" para o usuário na nova tela. A transição para uma tela vazia ou um grande spinner em toda a tela pode ser uma experiência chocante. No entanto, também é comum que o código e os dados necessários não demorem muito para serem buscados. Não seria melhor se o React pudesse permanecer na tela antiga por mais algum tempo e "pular" o "estado de carregamento incorreto" antes de mostrar a nova tela?

Embora isso seja possível hoje, pode ser difícil orquestrar. No Modo Concorrente, esse recurso é interno. O React começa a preparar a nova tela em memória primeiro - ou, como nossa metáfora diz, "em uma branch diferente". Portanto, o React pode esperar antes de atualizar o DOM para que mais conteúdo possa ser carregado. No Modo Concorrente, podemos dizer ao React para continuar mostrando a tela antiga, totalmente interativa, com um indicador de carregamento embutido. E quando a nova tela estiver pronta, o React pode nos levar a ela.

Concorrência {#concurrency}

Vamos recapitular os dois exemplos acima e ver como o Modo Concorrente os unifica. No Modo Concorrente, o React pode trabalhar em várias atualizações de estado concorrente - assim como as branches, diferentes membros da equipe trabalham independentemente:

  • Para atualizações associadas à CPU (como criar nós DOM e executar código de componente), a concorrência significa que uma atualização mais urgente pode "interromper" a renderização que já foi iniciada.
  • Para atualizações associadas à IO (como a busca de código ou dados da rede), a concorrência significa que o React pode iniciar a renderização na memória antes mesmo da chegada de todos os dados, e pule a exibição de estados de carregamento vazios discordantes.

Importante, a maneira como você usa o React é a mesma. Conceitos como componentes, props, e state funcionam fundamentalmente da mesma maneira. Quando você deseja atualizar a tela, você define o estado.

O React usa uma heurística para decidir o quão "urgente" é uma atualização e permite que você possa obter a experiência do usuário desejada para cada interação.

Colocando Pesquisa em Produção {#putting-research-into-production}

Há um tema comum nos recursos do Modo Concorrente. Sua missão é ajudar a integrar as descobertas da pesquisa sobre Interação Homem-Computador em interfaces de usuários reais.

Por exemplo, pesquisas mostram que exibir muitos estados de carregamento intermediários ao fazer a transição entre telas faz com que uma transição pareça mais lenta. É por isso que o Modo Concorrente mostra novos estados de carregamento em um "agendamento" fixo para evitar atualizações dissonantes e muito frequentes.

Da mesma forma, sabemos da pesquisa que interações como passar o mouse e inserir texto precisam ser tratadas dentro de um período muito curto de tempo, enquanto cliques e transições de página podem esperar um pouco mais sem ficarem parados. As diferentes "prioridades" que o Modo Concorrente usa internamente correspondem aproximadamente às categorias de interação na pesquisa de percepção humana.

Às vezes, equipes com forte foco na experiência do usuário resolvem problemas semelhantes com soluções pontuais. No entanto, essas soluções raramente sobrevivem por um longo tempo, pois são difíceis de manter. Com o Modo Concorrente, nosso objetivo é incorporar as descobertas da pesquisa de interface do usuário na própria abstração e fornecer maneiras idiomáticas de usá-las. Como uma biblioteca de interface do usuário, o React está bem posicionado para fazer isso.

Próximos Passos {#next-steps}

Agora você sabe o que é o Modo Concorrente!

Nas próximas páginas, você aprenderá mais detalhes sobre tópicos específicos:

You can’t perform that action at this time.