Projeto simples (independente de bibliotecas e/ou frameworks), para ser facilmente utilizado em coding dojos de PHP 5.5, usando o Vagrant
PHP Shell
Switch branches/tags
Nothing to show
Pull request Compare This branch is 16 commits ahead, 4 commits behind wcomnisky:master.
Fetching latest commit…
Cannot retrieve the latest commit at this time.
Permalink
Failed to load latest commit information.
Tests
library/TDD
.gitignore
README.md
Vagrantfile
bootstrap.php
vagrant.sh

README.md

Base PHP Coding Dojo with Vagrant

Project Status

Fork do wcomnisky.

Projeto simples (indepentende de bibliotecas e/ou frameworks), para ser facilmente utilizado em coding dojos de PHP 5.5.

Vagrant

Este projeto usa o Vagrant (documentação em português do Vagrant)

A vantagem de usar o Vagrant é que todos utilizando o projeto terão exatamente o mesmo ambiente virtualizado em suas máquinas.

Devido à virtualização, não é necessário alterar nenhuma configuração ou instalação de software da sua máquina. Terminando a utilização você pode destruir a máquina virtual e tudo volta ao que era antes :-).

Um pouco mais sobre ambientes virtualizados e sobre o Vagrant.

Requisitos

  • Vagrant (e suas dependências, ver no site oficial)
  • Cliente SSH (nos sistemas *nix - Linux, OSX, etc. - você provavelmente já tem algum instalado. No Windows procure pelo Putty).

Baixando os fontes

Git

git clone https://github.com/rogeriopradoj/base-php-codingdojo-vagrant.git

Download:

E depois de baixar os fontes?

É hora de subir sua máquina virtual. O comando vagrant up irá criar a máquina virtual (baixar a box e provisionar a vm) com as configurações

*nix (Linux, OSX, etc.)

$ vagrant up
$ vagrant ssh -c 'cd /vagrant/Tests && phpunit'

Windows (via Putty)

$ vagrant up
'conecte-se a sua VM Vagrant pelo Putty...'
$ cd /vagrant/Tests
$ phpunit

E como programar?

A ideia é que você trabalhe no seu computador normalmente (crie os testes, faça suas classes, refatore etc.) e use a conexão SSH na VM apenas para rodar os testes.

  1. Programe no seu computador (host) $ gedit, sublime, notepad++, etc.

  2. Acesse a máquina virtual (via ssh) apenas para rodar o teste $ vagrant ssh -c 'cd /vagrant/Tests && phpunit'

  3. Rinse and repeat