Skip to content
New issue

Have a question about this project? Sign up for a free GitHub account to open an issue and contact its maintainers and the community.

By clicking “Sign up for GitHub”, you agree to our terms of service and privacy statement. We’ll occasionally send you account related emails.

Already on GitHub? Sign in to your account

Como deixar meus projetos no GitHub mais apresentáveis e posteriormente usá-los como portfólio? #23

Open
afonsoaugusto opened this issue Nov 28, 2017 · 13 comments
Labels

Comments

@afonsoaugusto
Copy link

@afonsoaugusto afonsoaugusto commented Nov 28, 2017

Olá pessoal,

Há algum tempo atrás um desenvolvedor de uma multinacional me falou: "Participe de projetos open source, contribua com a comunidade, tenha um perfil interessante no GitHub".

Já fiz essa pergunta no grupo de e-mails do python-brasil: "Como deixar de forma apresentável meus projetos no git e posteriormente usá-los como portfólio?".

O @rochacbruno me respondeu:

Como ter um git "bonito"?
Contribua com projetos OpenSource, crie seus projetos, coloque "código bonito" e útil lá.

Como seria ter um perfil interessante?
Contribua com projetos OpenSource, crie seus projetos, coloque "código bonito" e útil lá.

acho que a pergunta seria: Como deixar de forma apresentável meus projetos no git e posteriormente usa-los como portfólio?
Contribua com projetos OpenSource, crie seus projetos, coloque "código bonito" e útil lá + escreva um bom README

  1. Como vocês trabalham o seus github's?
  2. Acham valido ter muitos repositórios?
  3. Em um formulário para entrevista ou no CV, vocês colocam o link do seu profile ou do projeto principal?
@davidallysson

This comment has been minimized.

Copy link

@davidallysson davidallysson commented Nov 28, 2017

Cara, sobre um git "bonito" eu particularmente tenho remodelado todos os meus repositórios para ficarem "apresentáveis", digamos assim. Quando comecei a mexer com Github não tinha o conhecimento e a experiência que tenho hoje, então, assim, os meus primeiros repositórios só tinha o código jogado lá e pá.. e nada mais. Nem README.md tinha, nem licenças, nem nada desse tipo.

Aos poucos tenho mudado essa realidade dentro do meu perfil. Meu próximo passo, por exemplo, é pegar um projeto parado em Ruby que tenho, documentar ele todo, colocar material para estudo, organizar issues e colocar ele na Divertidalista, que é um repositório com projetos open-source para a galera colaborar.

Atualmente o que tenho nesse repositório foi o trabalho para uma disciplina aqui da faculdade, então ele está parado desde então. Quero remodela-lo novamente para ser um projeto mais atrativo, ativo e colaborativo e colocar lá material que possa guiar o pessoal a fazer contribuições e aprender mais da linguagem e da ferramenta que estou utilizando lá que é o GOSU.

Na minha cabeça não faz muito sentido você ter um repositório parado, a não ser que ele seja um trabalho realmente finalizado e entregue para a alguém (e mesmo em casos como esse sempre é possível melhorar, contribuir, evoluir).

Como diriam os meus professores: um software nunca morre, ou fica estagnado ou evolui.

@mahenrique94

This comment has been minimized.

Copy link

@mahenrique94 mahenrique94 commented Nov 28, 2017

E ae @afonsoaugusto a forma como eu organizo meus repositórios seria adicionar uma descrição resumida para ele, adiciono tópicos relacionados ao projeto realizado e por fim crio o README, alguns projetos também crio uma documentação com as páginas do git.

Mas acredito que apenas o fato de você ter os projetos públicos, as empresas já irão dar uma olhada e verificar o nível de conhecimento, escrita, etc...

Meus projetos principais que seriam frameworks ou bibliotecas eu adiciono em meu Linkedin.

Abraços

@lucasprag

This comment has been minimized.

Copy link

@lucasprag lucasprag commented Nov 28, 2017

Isso é uma coisa que eu ainda estou aprendendo também, mas até agora eu tenho essas coisas em mente:

  • contribuir com open source é difícil, mas não impossível. how to contribute
  • mesmo depois de contribuir, não é uma coisa simples de achar no seu perfil, no caso de ajudar pessoas em issues não aparece no seu perfil, código fica naquela timeline, mas ainda assim é meio complicado de achar as coisas legais que vc fez, por isso acho que vale a pena contribuir o máximo possível
  • acho legal ter projetos no github, mas tem que tomar cuidado para não deixar coisas jogadas sem um propósito
  • repositório parado se aplica em algumas situações como um exemplo de blog post como esse por exemplo
  • em um resume/cv eu coloco o link do meu site com todos os meus links importantes e lá tem o meu perfil do github, mas tbm tem blog e inclusive um link de um repositório onde mantenho um resume atualizado

Obrigado, e gostaria de ler mais respostas sobre isso =)

@mblodorn

This comment has been minimized.

Copy link

@mblodorn mblodorn commented Nov 28, 2017

1 - Utilizo o github como ferramenta de trabalho. Então o reflexo de toda minha capacidade como profissional está nele, sempre tento seguir guidelines para os projetos reais (a maioria privados infelizmente).
2 - Não adianta ter muitos repositórios que não são mantidos, eles apenas poluem, eu mantenho apenas repositórios onde posso achar referências de código úteis e repositórios que podem ajudar a comunidade.
3 - Coloco, mas para esse link chegar nas mãos de alguém que entende, o resto do currículo tem que estar bem atraente tb.

@Valeyard1

This comment has been minimized.

Copy link

@Valeyard1 Valeyard1 commented Nov 29, 2017

Aproveitando o link com o GitHub, vale a pena fazer um repositório com os exercícios de faculdade que considero os mais interessantes? Não digo os mais simples, mas alguns que são "legais" (alguns difíceis por exemplo) de certa forma, pra quem está no início da faculdade. Pretendo fazer alguns projetos nessas férias pra construir algo bacana e colocar no meu GitHub.

@davidallysson

This comment has been minimized.

Copy link

@davidallysson davidallysson commented Nov 29, 2017

Sobre exercícios de faculdade, eu recomendo que vocês façam um repositório com exercícios de sites de competição (Programação Competitiva). Sites como SPOJ, URI, UVA, A2OJ... valem muito mais a pena do que pegar questões da faculdade e colocar suas resoluções no repositório. Peguem questões desses sites, resolvam da melhor maneira possível e coloquem lá... qualquer coisa peçam pra alguém analisar os códigos e sugerir refatorações.

@jvrmaia

This comment has been minimized.

Copy link

@jvrmaia jvrmaia commented Nov 29, 2017

já recebi mto email de recrutador por conta de competições tipo essas que o @davidallysson disse

@davidallysson

This comment has been minimized.

Copy link

@davidallysson davidallysson commented Nov 29, 2017

Pois é @jvrmaia e eu digo isso porque comecei meus repositórios com trabalhos da faculdade e depois entrei num curso de Programação Competitiva e, aos poucos, estou começando a migrar as questões, que antes eram dos trabalhos passados nas disciplinas para questões de maratonas de programação. Até OBI vale também, gente. Se quiserem dar uma sacada:

https://github.com/davidallysson/logica-de-programacao

@jvrmaia

This comment has been minimized.

Copy link

@jvrmaia jvrmaia commented Nov 29, 2017

esse foi o meu último repo depois do mundial da maratona https://bitbucket.org/jvrmaia/exceptions

os problemas q já resolvi por ai mantenho aqui https://github.com/jvrmaia/coding4fun

@woliveiras woliveiras changed the title Seu GitHub é sua vitrine. Como deixar meus projetos no GitHub mais apresentáveis e posteriormente usá-los como portfólio? Nov 30, 2017
@afonsoaugusto

This comment has been minimized.

Copy link
Author

@afonsoaugusto afonsoaugusto commented Nov 6, 2018

recentemente a udacity lançou uma talk que vai de encontro ao nosso tema:
https://youtu.be/CWw6DLIGMpU

@TiagoDanin

This comment has been minimized.

Copy link

@TiagoDanin TiagoDanin commented Nov 6, 2018

@thyagosampaio

This comment has been minimized.

Copy link

@thyagosampaio thyagosampaio commented Sep 15, 2019

@mstuttgart

This comment has been minimized.

Copy link

@mstuttgart mstuttgart commented Sep 16, 2019

Pergunta bacana! Concordo 100% com os conselhos que você recebeu!

Faz uns anos que tenho seguido essas mesmas dicas e sempre fez muita diferença pra mim. Quando abrimos alguma vaga de desenvolvedor aqui na empresa, uma das coisas que sempre procuramos ver é o github do candidato.

1. Como vocês trabalham o seus github's?

O meu perfil é usado tanto em projetos pessoais e profissionalmente e também para projetos opensource. Acredito que no geral, o que importa é que o repositório seja organizado, com um README e código bem feito. Pode ser um README simples, mas precisa ser organizado. Isso mostra cuidado e capricho com o trabalho, porque se a pessoa se dedicou a organizar o README pra um repositório de exercício (ou um projeto pessoal), ela irá fazer muito mais por um projeto em que ela estará sendo paga pra manter. Na minha opinião, um README bem feito passa mais credibilidade, ainda mais em casos em que você desenvolveu alguma lib ou ferramenta e quer que outros desenvolvedores colaborem/usem ela.

Nos meus projetos procuro usar este estilo de README: https://github.com/mstuttgart/pycep-correios. E quanto aos códigos, busco sempre seguir as boas práticas de acordo com a linguagem (clean code, testes, documentação e etc).

O importante é você começar a organizar e com o tempo vai encontrando o que funciona melhor pra você e isso acaba virando um hábito. Mas o importante é começar! 👍

Aqui tem vários modelos de README pra se inspirar: https://github.com/matiassingers/awesome-readme

2. Acham valido ter muitos repositórios?

Sim, desde que sejam coisas úteis. Um número muito grande de repositórios/projetos também fica meio difícil de manter, então é bom usar o bom senso. Acho que em média uns 30 repositórios é uma quantia legal, dependendo do quanto você produz. No caso de repositórios que são forks, acho aconselhável manter apenas aqueles que você realmente contribui ou utiliza em algum projeto seu. Já vi casos em que a pessoa clonou uma infinidade de repositórios e não tinha quase nenhum projeto dela mesmo e não contribuía com nenhum dos forks que ela tinha. É sempre melhor poucos repositórios com conteúdos interessantes do que encher o github "pra fazer volume".

3. Em um formulário para entrevista ou no CV, vocês colocam o link do seu profile ou do projeto principal?

Eu coloco o link do meu github, do linkedin (também é uma boa mantê-lo organizado e atualizado) e do meu blog. No meu perfil do github tem os projetos que trabalho mais e no meu blog também, ficando fácil do recrutador saber mais sobre eles.

É isso! Desculpa o textão, mas é um assunto que curto bastante 😁

Sign up for free to join this conversation on GitHub. Already have an account? Sign in to comment
Projects
None yet
You can’t perform that action at this time.