Skip to content

HTTPS clone URL

Subversion checkout URL

You can clone with
or
.
Download ZIP
Fetching contributors…

Cannot retrieve contributors at this time

210 lines (154 sloc) 8.309 kb
1. INTRODUÇÃO
Wine é um programa que permite executar programas Microsoft Windows
(incluindo executáveis DOS, Windows 3.x e Win32) no Unix.
Constituído de um programa carregador (loader) que carrega e executa
um binário Microsoft Windows, e uma biblioteca (chamada Winelib) que
implementa chamdas da API do Windows usando o equivalentes do Unix
ou do X11. A biblioteca também pode ser usada para portar código
Win32 em executáveis nativos Unix.
Wine é software livre, liberado segundo a GNU LGPL; veja o arquivo
LICENÇA para detalhes.
2.ÍNICIO RÁPIDO
Sempre que se compila os fontes, é recomendado usar o Wine Installer
para construir e instalar o Wine. Estando no diretório de mais alto
nível do fonte do Wine (que contém este arquivo), execute:
./tools/wineinstall
Execute programas conforme "wine [opções] programa". Para maiores
informações e resolução de problemas, leia o restante deste arquivo,
a página "man" do Wine (man wine), e especialmente a abundância de
informação encontrada em http://www.winehq.org.
3.REQUERIMENTOS
Para compilar e executaro Wine, você deve ter o seguinte:
Linux versão 2.0.36 ou superior
FreeBSD 5.3 ou posterior
Solaris x86 2.5 ou posterior
NetBSD-current
Como o Wine requer suporte a tarefas a nível de kernel para executar,
somente os sistemas operacionais acima mencionados são suportados.
Outros sistemas operacionais que suportarem tarefas do kernel poderão
ter suporte no futuro.
Informações para o Linux:
Enquanto o Linux 2.2.x continuar em uso e Linux 2.0.x talvez continue
em uso (versões 2.0.x antigas tem mal funcionamento relacionados a
tarefas), será muito melhor ter um kernel mais atualizado como 2.4.x.
Informações para o FreeBSD:
Wine deve compilar no FreeBSD 4.x e FreeBSD 5.x, mas versões anteriores
a FreeBSD 5.3 geralmente não funcionam corretamente.
Mais informações encontram-se em:
ftp://ftp.freebsd.org/pub/FreeBSD/ports/ports/emulators/wine/
Informações para o Solaris:
Você provavelmente necessitará construir o Wine com as ferramentas GNU
(gcc, gas, etc.). Aviso: instalar gas NÂO assegura que será usado pelo
gcc. Recompilar o gcc depois de instalar o gas ou criar uma ligação ao cc, as e
ld para as ferramentas gnu é dito ser necessário.
Informações para o NetBSD:
Certifique-se ter as opções USER_LDT, SYSVSHM, SYSVSEM, e SYSVMSG
ligadas ao kernel.
Sistema de arquivo suportados:
O Wine deverá executar na maioria dos sistema de arquivo. Contudo, o Wine falha
ao iniciar se umsdos for usado para o diretório /tmp. Alguns problemas de
compatibilidade foram relatados acessando arquivos usando o Samba. Também,
como o NTFS apenas pode ser usado seguramente com acesso de somente leitura por
enquanto, somos contrários ao uso do NTFS, pois os programas Windows precisam de
acesso à escrita em quase tudo.
No caso de arquivos NTFS, copie-os em um local em que se possa escrever.
Requisitos básicos:
Você necessita ter instalados os arquivos de inclusão para desenvolvimento em X11
(called xlib6g-dev no Debian e XFree86-devel no RedHat).
Requisitos para as ferramentas de construção:
Em sistemas x86 o gcc >= 2.7.2 é requerido.
Versões anteriores à 2.7.2.3 poderão ter problemas quando certos arquivos são
compilados com optimização, frequentemente devido a problemas gerenciamento de
arquivos de cabeçalho. Atualmente o pgcc não trabalha com o Wine. A causa deste
problema é desconhecida.
Naturalmente que necessita do "make" (comumente o GNU make).
Também precisa do flex versão 2.5 ou posterior e do bison.
Se estiver usando RedHat ou Debian, instale os pacotes do flex e do bison.
Bibliotecas de suporte opcionais:
Se desejar o suporte de impressão do CUPS, por favor instale os pacotes
cups e cups-devel.
4.COMPILAÇÃO
No caso de escolher não usar o wineinstall, execute os comandos a seguir
para construir o Wine:
./configure
make depend
make
Isto construirá o programa "wine" e suporte a várias bibliotecas/binários.
O programa "wine" carregará e executará executáveis do Windows.
A biblioteca "libwine" ("winelib") pode ser usada para compilar e ligar
código-fonte do Windows sob o Unix.
Para ver as opções de compilação da configuração, rode ./configure --help.
Para atualizar para uma nova distribuição usando arquivos de remendo (patch),
primeiro mude para o diretório de mais alto nível da distribuição (que
contém o arquivo README). A seguir faça um "make clean", e remende a
distribuição com:
gunzip -c patch-file | patch -p1
onde "patch-file" é o nome do arquivo de remendo patch (algo como
Wine.aammdd.diff.gz). Pode então reexecutar "./configure", e depois
executar "make depend && make"
5.CONFIGURAÇÃO
Uma vez que o Wine esteja construído corretamente, você pode executar
"make install"; assim irá instalar o executável do wine, as páginas
"man" do Wine, e alguns outros arquivos necessários.
Não esqueça de desinstalar primeiramente qualquer instalação prévia do
Wine que possa confitante. Tente qualquer um dos comandos "dpkg -r wine" ou "rpm -e wine" ou "make uninstall" antes de
instalar.
Veja a área de suporte em http://www.winehq.org/ para sugestões
sobre a configuraçao.
No caso de erros de carga da biblioteca
(ex: "Error while loading shared libraries: libntdll.so"), certifique-se
de adicionar o caminho da biblioteca a /etc/ld.so.conf e executar
ldconfig como root.
6.EXECUTAR PROGRAMAS
Ao invocar o Wine, você pode especificar o caminho completo do executável,
ou somente um nome de arquivo.
Por exemplo: para executar a Paciência:
wine sol (usando o caminho de pesquisa como
wine sol.exe especificado no arquivo config)
wine c:\\windows\\sol.exe (usando um nome de arquivo DOS)
wine /usr/windows/sol.exe (usando um nome de arquivo Unix)
wine sol.exe /parameter1 -parameter2 parameter3
(chamando o programa com parãmetros)
Nota: o caminho do arquivo será também adicionado ao caminho
quando um nome completo for fornecido na linha de comando.
O Wine ainda não está completo, então vários programas poderão funcionar mal.
Desde que você ajuste corretamente o winedbg de acordo com o arquivo
documentation/debugger.sgml, você irá entrar no depurador de modo que possa
investigar e reparar o problema. Para mais informação como fazer isto, por favor
leia o arquivo documentation/debugging.sgml.
Você deve fazer uma cópia de segurança de todos os seus arquivos importantes
que o Wine possa acessar, ou usar uma cópia especial deles com o Wine, pois
houveram alguns casos de corrupção de arquivos reportados por usuários. NÃO
execute o Explorer, por exemplo, se você não tiver um cópia de segurança
apropriada, como ele renomeia/cripples diversos diretórios às vezes. Mesmo
executar outros aplicativos MS tais como por exemplo o Messenger é seguro,
porque carrega o Explorer de algum modo. Este corrupção em particular
(!$!$!$!$.pfr) pode ao menos parcialmente ser reparado usando
http://home.nexgo.de/andi.mohr/download/decorrupt_explorer
7. OBTENDO MAIS INFORMAÇÃO
WWW: Uma grande quantidade de informação sobre o Wine está disponivel
pelo WineHQ em http://www.winehq.org/ : vários guias do Wine,
base de dados de aplicações, rastreamento de erros. Este é
provavelmente o melhor ponto para começar.
FAQ: A Wine FAQ está localizada em http://www.winehq.org/FAQ
Usenet: Pode-se discutir tópicos relacionados ao Wine e obter ajuda em
comp.emulators.ms-windows.wine.
Bugs: Relate erros ao Wine Bugzilla em http://bugs.winehq.org
Por favor pesquise a base de dados do bugzilla para verificar se
seu problema já tenha sido encontrado, antes de enviar um
relatório do erro. Você pode também afixar relatórios do erro em
comp.emulators.ms-windows.wine.
IRC: A ajuda online está disponível em #WineHQ em irc.freenode.net.
Git: O árvore de desenvolvimento atual do Wine está disponível por Git.
Vá em http://www.winehq.org/git para mais informação.
Mailing Lists:
Há diversas listas de mensagens para colaboradores no desenvolvimento
do Wine; veja http://www.winehq.org/forums para mais informação.
Se você adicionar algo, ou reparar um erro, envie por favor um remendo
(no formato 'diff -u') à lista wine-patches@winehq.org para inclusão na
próxima distribuição.
--
Alexandre Julliard
julliard@winehq.org
--
Tradução para Português do Brasil: Marcelo Duarte
Jump to Line
Something went wrong with that request. Please try again.