Uma API para consulta de informações relacionadas a endereçamento e entrega no Brasil.
HTML Python Other
Latest commit 9d72866 Dec 18, 2016 @iurisilvio iurisilvio committed on GitHub Gratipay badge

README.md

Postmon Coverage Status Support via Gratipay

API para consulta de CEP's e relacionados

Requisitos do ambiente de desenvolvimento

  • MongoDB
  • Python 2.7
  • iPython (recomendado)

Requisitos do ambiente Python

As dependências estão listadas no arquivo requirements.txt.

  • requests
  • lxml
  • pymongo
  • bottle
  • nosetests
  • webtest
  • packtrack
  • celery

Rodando testes

Executar o comando:

make test

na raiz do projeto.

Rodando a aplicação localmente na porta 9876

$ python PostmonServer.py

ou

$ ipython -i PostmonServer.py
>> _standalone()

Caso queira rodar em outra porta, basta passá-la como parametro no chamado do _standalone

Para rodar o Scheduler:

$ celery worker -B -A PostmonTaskScheduler -l info

Recomenda-se a utilização do Supervisord para manter o Celery rodando. Exemplo de configuração para o supervisord.conf:

[program:celeryd]
command=celery worker -B -A PostmonTaskScheduler -l info 
directory=POSTMON_HOME/repositorio
stdout_logfile=POSTMON_LOG_DIR/celeryd.log
stderr_logfile=POSTMON_LOG_DIR/celeryd_err.log
autostart=true
autorestart=true
startsecs=10
stopwaitsecs=600

Executando a aplicação no Docker

Se você tem o Docker instalado, pode fazer o build da imagem e rodar o Postmon em um container.

$ docker build -t postmon .
$ docker run -d -p 80:9876 postmon

Acesse o endereço http://<endereço-do-servidor-docker>/v1/cep/<cep-a-consultar>, por exemplo http://127.0.0.1/v1/cep/01311940.

MongoDB com autenticação

Se o seu MongoDB possui autenticação habilitada você deverá configurar o banco do postmon e também exportar duas variavéis de ambiente.

mongo
> use postmon
> db.addUser('admin', '123456')

Agora que seu Mongo está com password exporte as variaveis de ambiente.

export POSTMON_DB_USER=admin
export POSTMON_DB_PASSWORD=123456

Scheduler

O Postmon conta com um scheduler baseado na ferramenta Celery. Até o momento, a única funcionalidade implementada nessa estrutura é a rotina de coleta de dados do IBGE.

O Celery usa, como Broker, a mesma instância do MongoDB utilizada no módulo de CEP.

O comando apresentado na seção rodando a aplicação pode ser quebrado em dois caso seja necessário rodar o Celery Worker separado do Celery Beat. Para mais informações sobre essa questão leia a documentação do Celery.

Além do Broker, o Celery Beat depende internamente de uma base de dados, criada automaticamente na primeira execução, onde são armazenadas informações sobre os schedules. Por padrão essa base fica em um arquivo chamado celerybeat_schedule, criado no diretório onde o Celery Beat foi executado. Esse local pode ser alterado através do switch -s, conforme exemplo abaixo:

$ celery worker -B -A PostmonTaskScheduler -l info -s /novo/caminho/para/arquivo/celerybeat_schedule

IBGE

O Postmon fornece as seguintes informações extraídas do site do IBGE:

  • Código do município/UF
  • Área territorial (em km²)

Essas informações estão presentes nos atributos estado_info e cidade_info da rota de busca de cep, bem como nas seguintes rotas:

  • /uf/{sigla-uf}
  • /cidade/{sigla-uf}/{nome-cidade}

Exemplos:

  • /uf/SP
  • /cidade/SP/São Paulo
  • /cidade/SP/Araraquara
  • /cidade/RJ/Macaé

A rotina de atualização desses dados está configurada para rodar diariamente.

Postmon - The Mongo Postman API
Copyright (C) 2013  Coding For Change

This program is free software: you can redistribute it and/or modify
it under the terms of the GNU General Public License as published by
the Free Software Foundation, either version 3 of the License, or
(at your option) any later version.

This program is distributed in the hope that it will be useful,
but WITHOUT ANY WARRANTY; without even the implied warranty of
MERCHANTABILITY or FITNESS FOR A PARTICULAR PURPOSE.  See the
GNU General Public License for more details.

You should have received a copy of the GNU General Public License
along with this program.  If not, see <http://www.gnu.org/licenses/>.