Brazilian Rails é um conjunto de gems para serem usadas com Ruby e com o Ruby on Rails e tem como objetivo unir alguns recursos úteis para os desenvolvedores brasileiros.
Clone or download
Fetching latest commit…
Cannot retrieve the latest commit at this time.

README.mkdn

Brazilian Rails

AVISO: A gem Brazilian Rails não tem um release de nova versão desde 2012, por falta de mantenedores ativos. Mais abaixo segue uma lista de gems que podem ser usadas em substituição a várias das gems internas do BR. Se você tem uma sugestão de outras gems, por favor, faça um Pull Request editando este README com sua sugestão.

O que foi?

O Brazilian Rails foi o plugin/gem de internacionalização mais conhecido do Brasil e tinha como objetivo unir vários recursos de regras e traduções para o desenvolvedor brasileiro.

O que é?

Brazilian Rails é um conjunto de gems para serem usadas com Ruby e fácil configuração com Rails, e seu objetivo era unir alguns recursos úteis para os projetos, principalmente, voltados ao público brasileiro.

Quais as gems que compõe o Brazilian Rails?

  • brcep (Sugerimos o uso da gem via_cep)
  • brdata
  • brdinheiro
  • brhelper
  • brnumeros (Sugerimos o uso da gem cardinality-br)
  • brstring
  • brcpfcnpj (Sugerimos o uso da gem cpf_cnpj
  • brI18n

OBS: A gem brtraducao foi removida do Brazilian Rails devido a adição do suporte i18n do Rails. Ele continua podendo ser usada, porém não faz mais parte desse projeto.

OBS: A gem brI18n foi criada para acomodar as traduções usando suporte i18n das versões mais recentes do Rails.

Como faço para instalar?

É muito difícil...

com Bundler

Adicionar ao seu Gemfile:

gem 'brazilian-rails'

sem Bundler

require 'brazilian-rails'

Por padrão, a pluralização vem desabilitada, isso para não atrapalhar os projetos que já existem.

I18n

Por padrão a gem não carrega o suporte de traduções do Rails, para usa-la você deve fazer o require abaixo:

require 'brI18n'

Como contribuir?

  1. Fazer um fork do projeto
  2. Instalar as dependências: bundle install (Se não tiver o bundler instalado, faça antes: gem install bundler)
  3. Fazer os devidos ajustes com os respectivos testes (TestUnit se possível e tente fazer commits atômicos)
  4. Fazer pull request