Uma biblioteca que permite programar em linguagem Arduino utilizando comandos facilitados em PT-BR. 🇧🇷
Clone or download
Fetching latest commit…
Cannot retrieve the latest commit at this time.

README.md

Open Source Love License: GPL3

Brasilino

Uma biblioteca que permite programar em linguagem Arduino utilizando comandos facilitados em PT-BR.

De acordo com um estudo realizado pela Education First, o EF EPI (EF English Proficiency Index) 6° edição, publicado em Novembro de 2016, o Brasil aparece como 40° colocado em nível de proficiência em língua inglesa, de um estudo realizado com 72 países, com pontuação de 50,66, o que é considerada como "Baixa" pelo estudo. Tal deficiência em língua inglesa acentua-se ainda mais nas classes sociais menos privilegiadas.

Com o baixo índice de proficiência em língua inglesa apresentado pelo Brasil, muitos brasileiros sentem dificuldade em programar, devido ao fato da língua nativa em que os comandos são inscritos ser o inglês, muitas vezes, não conseguindo associar a palavra "if" ao "se", criando-se assim uma barreira, que muitas vezes afasta o brasileiro do ambiente de desenvolvimento tecnológico.

Nós do Brasilino acreditamos que quebrando esta barreira inicial, criamos o incentivo para que estes brasileros possam ter o primeiro contato com a plataforma Arduino, desenvolvendo assim suas próprias soluções, e a partir deste primeiro contato, os mesmos possam quebrar o paradigma de que programar é difícil, e quando apenas o idioma for a última barreira, através de uma migração gradual, da programação em Brasilino para a programaçao em Arduino, a barreira do idioma possa por fim ser removida.

A brasilino é uma biblioteca aberta e conta com a participação de toda a comunidade, através das necessidades encontradas pelos usuários, poderemos cada vez mais criar comandos mais intuitivos e simplificados de utilizar, promovendo-se assim que a biblioteca facilite cada vez mais a inserção de novos brasileiros.

Se este é o seu primeiro contato com Open Source, aprenda a como contribuir com projetos Open Source.

Como utilizar:

1.1 Instalação através do gerenciador de biblioteca

Este é o método mais simples e recomendado para a instalação da biblioteca

  • Abra a sua IDE do Arduino, clique em Sketch > Incluir Biblioteca > Gerenciar Bibliotecas...
  • Então na caixa "Refine sua busca..." digite Brasilino e então clique em instalar

1.2 Instalação manual (Alternativa)

Mas se preferir, também é possível adicionar manualmente a biblioteca através dos seguintes passos

  • Primeiro baixe a biblioteca clicando aqui
  • Abra a sua IDE do Arduino, clique em Sketch > Incluir Biblioteca > Adicionar biblioteca .ZIP
  • Procure a biblioteca Brasilino baixada em arquivo .ZIP em sua pasta de downloads
  • Pronto, agora a sua biblioteca está instalada e pronta para ser utilizada!

2. Exemplos

  • Uma das melhores formas de se começar a programar utilizando a Brasilino é partir de um exemplo!
  • Para abrir a aba de exemplos clique em Arquivo > Exemplos > Brasilino (É preciso descer dentro da aba de exemplos até encontrar "Exemplos de Bibliotecas Personalizadas")
  • Então você pode escolher um exemplo da aba de Basicos ou de Sensores, daí basta clicar no exemplo escolhido e iniciar!
  • Você pode começar com o exemplo "Piscar", que é equivalente ao exemplo "Blink" do Arduino, para isso basta clicar em Arquivo > Exemplos > Brasilino > Basicos > Piscar    

Tabela de instruções:

Estrutura Geral

As estruturas configurar e repetir são obrigatórias para o funcionamento do código.

Instrução Descrição Exemplo
configurar Função principal do programa. Só será executada uma única vez. funcao configurar( ) {
/* Bloco de uma única execução. */
}
repetir Função secundária do programa que ficará repetindo enquanto o Arduino estiver ligado. funcao repetir( ) {
/* Bloco que ficará repetindo. Esta função vem logo após a função configurar. */
}

Estruturas de Controle

Estruturas de controle são estruturas do tipo condicional, que irão analisar uma condição especificada e executar uma ação se a condição for verdadeira.

Instrução Descrição Exemplo
se Analisa se a condição dentro do parâmetro é verdadeira e executa uma ação. se(a == b) {
// ação caso "a = b"
}
senao Executa uma ação se o parâmetro da condição se for falso. se(a == b) {
// ação caso "a = b"
}
senao {
// ação caso "a ≠ b"
}
para Executa um bloco de instruções enquanto uma condição for satisfeita. É utilizado um contador para incrementar, ou decrementar, e terminar o loop. para(x = 0; x < 2; x = x+1) {
/* executa este bloco enquanto "x" for menor que 2 */
}
contarAte Aplicação da função para onde se escolhe o número de iterações. contarAte(5) {
/* executa este bloco de instruções 5 vezes */
}
enquanto Esta função executa continuamente enquanto o teste do parâmetro for verdadeiro. enquanto(x == 2) {
/* ações a serem executadas enquanto o parâmetro for verdadeiro, ou seja, enquanto "x = 2" */
}
comparar....caso Compara o parâmetro da função com os casos definidos. No exemplo, "x" é comparado com os valores 1 e 2. É utilizado a instrução sair para que não se realize os próximos testes se algum já for o verdadeiro. comparar(x) {

caso 1:
/* ação caso "x = 1" */
sair;

caso 2:
/* ação caso "x = 2" */
sair;

padrao:
/* executa se não for nenhum dos casos */
sair;
}

Tipos de Dados Comuns

São estruturas de dados que conseguem armazenar diferentes tipos de dados.

Instrução Descrição Exemplo
inteiro Declara uma variável do tipo inteiro. inteiro idade = 13;
decimal Declara uma variável do tipo decimal. decimal saldo = 3.45;
dobro Declara uma variável do tipo dobro. Esta tem o dobro de bits de armazenamento quanto a variável decimal. dobro lucro = 3.87909;
caractere Declara uma variável do tipo caractere. caractere entrada = 'c';
constante Declara uma constante. constante tamanho = 4;
logico Declara uma variável do tipo logico, podendo ser "verdadeiro" ou "falso". logico dinheiro = verdadeiro;
nulo Declara uma variável do tipo nulo. nulo sapatos;

Tipos de Dados Lógicos

São estruturas de dados que conseguem assumir apenas dois valores.

Instrução Descrição Exemplo
verdadeiro Parâmetro lógico utilizado para operações digitais. se(a == verdadeiro){
// ação caso "a" seja verdadeiro
}
falso Parâmetro lógico utilizado para operações digitais. se(a == falso){
// ação caso "a" seja falso
}
BAIXO Parâmetro que indica estado baixo no pino (0v). escreverDigital(10, BAIXO);
ALTO Parâmetro que indica o estado alto no pino (5v). escreverDigital(10, ALTO);
ENTRADA Parâmetro que indica tratar-se de uma entrada. definirPino(12, ENTRADA);
SAIDA Parâmetro que indica tratar-se de uma saída. definirPino(11, SAIDA);
PRESSIONADO Parâmetro para botão pressionado. se(estadoBotao == PRESSIONADO)
LIBERADO Parâmetro para botão liberado. se(estadoBotao == LIBERADO)

Funções

Quando chamadas, as funções são responsáveis por executar alguma ação pré-determinada.

Instrução Descrição Exemplo
definir Associa um valor constante a um nome. #definir PINO 13
usar Libera uma macro para uma nova função. #usar BAUD
definirPino Função que define o valor do pino como ENTRADA ou SAIDA. definirPino(PINO, TIPO);
escrever Escreve o valor colocado como parâmetro no Monitor Serial. Serial.escrever(10);
escreverSerial Mostra no Monitor Serial o valor colocado como parâmetro. escreverSerial(“BR”);
lerSerial Lê o valor recebido pelo Monitor Serial. lerSerial();
esperar Espera durante o tempo determinado, no seu parâmetro, para executar a próxima instrução. esperar(1);
/* O parâmetro deve ser escrito na unidade de segundos, podendo ser um valor decimal */
escreverDigital Função que escreve o valor ALTO ou BAIXO nos pinos digitais. escreverDigital(PINO, VALOR);
Entrada Define o pino como uma entrada. entrada(12);
/* Pino digital 12 definido como entrada */
Saida Define o pino como uma saída. saida(13);
/* Pino digital 13 definido como saída. */
Ligar Função que escreve o valor ALTO no pino. Ligar(PINO);
Desligar Função que escreve o valor BAIXO no pino. Desligar(PINO);

A Equipe Brasilino:

Otacilio Maia (GitHub :octocat:)

Idelização e Implementação

Thiago Augusto (GitHub :octocat:)

Validação e Implementação

Erick Simoes (GitHub :octocat:)

Consultor de formatação e Implementação

Rômulo César

Orientador Acadêmico

Veja a lista completa de colaboradores.

Artigos Relacionados:

"Programação Arduino em Português do Brasil" por Otacilio Maia no Blog FilipeFlop

A biblioteca foi apresentada na Mostra Nacional de Robótica em 2016, o que gerou um artigo publicado na mostra virtual.

"Aprenda a programar o arduino em português" por Saulo Alexandre na Autocore Robótica

"Como uma biblioteca permite a inclusão de brasileiros dentro do universo Arduino" por Otacilio Maia no Medium

O Brasilino encontra-se aberto para ser utilizado em todo tipo de pesquisa e desenvolvimento científico-acadêmico.

Apoio:

A biblioteca Brasilino é apoiada pelo Makerama, uma comunidade Maker que apoia o desenvolvimento de ideias criativas no estado de Pernambuco. Mais informações disponíveis em: http://makerama.com.br


Licença:

Brasilino está licenciado sob a licença GPL-3.0, e tem seus exemplos baseados no trabalho do projeto Arduino. Veja a licença para mais informações.

Sinta-se livre para enviar um email para: brasilino@otaciliomaia.com